Dnocs participa de evento de apresentação do prognóstico de chuvas e seca no semiárido

O Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs) também com sede em Montes Claros e Minas Gerais e Norte do Estado participou do encontro para a apresentação do prognóstico de chuvas para o trimestre de fevereiro a abril e o Plano Estadual de Convivência com a Seca: Ações Estruturantes e Emergenciais.

O Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs) também com sede em Montes Claros e Minas Gerais e Norte do Estado participou do encontro para a apresentação do prognóstico de chuvas para o trimestre de fevereiro a abril e o Plano Estadual de Convivência com a Seca: Ações Estruturantes e Emergenciais. A apresentação foi realizada pelo presidente da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), Eduardo Sávio Martins e teve a participação dos secretários de Estado e gestores de órgãos vinculados que lidam de forma direta com a área em questão.

O chefe da Divisão de Pesca e Aquicultura da Autarquia, Dalgoberto Coelho, falou sobre a importância do evento. Segundo ele, o ano se inicia com a construção de uma agenda pró-ativa em relação às estratégias para driblar problemas ocasionados pela estiagem nas regiões semiáridas. Além disso, para ele se faz necessário colocar em pauta e evidenciar o uso racional dos recursos hídricos gerenciados pelo Dnocs.

Durante o encontro, foram destacadas ações estruturantes e emergenciais para a convivência com a seca. “Essa iniciativa busca não apenas antecipar e compreender as condições climáticas, mas também implementar medidas prontas para enfrentar eventuais desafios relacionados à escassez hídrica”, ressaltou Dalgoberto Coelho.

A presença e engajamento do Dnocs, nesse evento, enfatiza o compromisso da Autarquia em lidar proativamente com questões relacionadas à seca, reforçando a importância de estratégias preventivas e de resposta para garantir a sustentabilidade hídrica e a segurança das comunidades afetadas com a falta de chuvas regulares.

De acordo com os estudos apresentados pela Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), o prognóstico climático para o trimestre fevereiro, março e abril indica que o Ceará, por exemplo, tem 45% de chances de chuvas abaixo da média, 40% de probabilidade para a categoria em torno da normalidade e 15% para acima dela.

Os estudos mostraram ainda a tendência de uma estação chuvosa mais curta este ano, isto é, com os principais acumulados de chuva entre os meses de fevereiro e março.

Este cenário se dá, principalmente, pelas condições do oceano Pacífico Equatorial Central, que apresenta aquecimento acima da normalidade, caracterizando o fenômeno El Niño.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

Reforço na fiscalização ambiental em Minas
Reforço na fiscalização ambiental em Minas
Cachoeiras e montanhas encantam turistas na região
Cachoeiras e montanhas encantam turistas na região
Onça-parda encontrada morta na rodovia MGC-135
Onça-parda encontrada morta na rodovia MGC-135
Programa Copaíbas promoveu encontro de gestores das Unidades de Conservação
Programa Copaíbas promoveu encontro de gestores das Unidades de Conservação
Sudene defende a inclusão da Caatinga na Constituição
Sudene defende a inclusão da Caatinga na Constituição
Operação aplica mais de R$ 614 mil em multas em Januária
Operação aplica mais de R$614 mil em multas em Januária
SEMMA investe na conscientização de alunos
SEMMA investe na conscientização de alunos
Governo reforça compromisso com a sustentabilidade
Governo reforça compromisso com a sustentabilidade
Estado entrega 81 novos carros para unidades regionais do IEF
Defesa Civil faz alerta para nova onda de calor em Minas Gerais
Simpósio acontecerá em Salvador
Membros do CBHSF participam do encontro de comitês em BH
Dnocs participa de evento de apresentação do prognóstico de chuvas e seca no semiárido
Encontro dos Comitês de Bacias Hidrográficas acontece em Capitólio
Prefeitura vai elaborar plano para a preservação da fauna
Sudene firma parceria para combater a desertificação
Emater investe R$ 2,6 mi em qualificação de colaboradores
Reforço na fiscalização ambiental em Minas
Dupla detida suspeita de tráfico de drogas
Homem condenado a 14anos de prisão por homicídio
Pássaros da fauna silvestre apreendidos