Divulgadas obras literárias indicadas para o vestibular próprio e PAES

Foram divulgadas as obras literárias indicadas para o Vestibular próprio 01/2025 da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes).

Foram divulgadas as obras literárias indicadas para o Vestibular próprio 01/2025 da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes). Também foram anunciadas as obras indicadas para as provas (da primeira e segunda etapas) do Programa de Avaliação Seriada para o Acesso ao Ensino Superior (PAES), que será retomado pela instituição. Na indicação das obras, a Unimontes valoriza os autores regionais.

O Vestibular 01/2205 está marcado para o dia 17 de dezembro. As provas do PAES (primeira e segunda etapas) serão aplicadas em 8 de dezembro. Os editais para dois processos serão publicados em junho pela Comissão Técnica de Processos Seletivos (Coteps) da Unimontes.

Uma das obras indicadas é o documentário “Catopezera – Ritmos de catopês”, de autoria do cantor e compositor montes-clarense Tino Gomes, em parceria com a cantora, percussionista e professora Danusa Menezes. O documentário é um “diálogo” com a música “Montesclareou”, de autoria de Tino Gomes e o compositor Georgino Junior (falecido em 2018), também de Montes Claros.

Ainda para o vestibular próprio da Unimontes foram indicados os livros “O Romanceiro da Inconfidência”, de Cecília Meireles; e “Torto Arado”, de Itamar Vieira.

Para a primeira etapa do PAES foi indicada a obra “Resistir”, uma pintura sobre tela, do artista plástico Auri Tiago, natural de Montes Claros. Os candidatos ao vestibular seriado também deverão ler o livro de poemas “Ary Kayri Tama – Eu moro na cidade”, da autora indígena Márcia Wayna Kambeba. Outro livro indicado para a primeira etapa do PAES é “Caramuru”, de Frei Santa Rita Durães.

Um dos livros recomendados para a segunda etapa do PAES/ Unimontes é “Maria Dusá”, do autor Lindolfo Rocha, que nasceu em Grão Mogol (Norte de Minas) e foi radicado na Bahia. Ainda para a segunda etapa do processo de avaliação seriada foram indicados o livro “Quincas Borba”, de Machado de Assis; e a música “Epitáfio”, escrita e cantada por Sérgio Britto, do Grupo “Titãs”.

O reitor da Unimontes, professor Wagner de Paulo Santiago, ressalta que, ao retomar o seu vestibular próprio e o PAES, a universidade também reconhece a importância a cultura do Norte de Minas, indicando obras literárias de autores regionais a serem lidas e estudadas pelos estudantes inscritos nos processos seletivos. “A Unimontes fortalece o seu compromisso com a valorização da cultura e a difusão do conhecimento, cumprindo uma das missões da instituição”, assegura o reitor.

A presidente da Coteps, professora Jussara Maria de Carvalho Guimarães, acrescenta que na indicação das obras para os seus processos seletivos, além de incentivar os autores regionais, a instituição também valoriza a cultura dos povos originários, com a escolha do livro de poemas “Ary Kayri Tama – Eu moro na cidade”, da autora indígena Márcia Wayna Kambeba.

Compositor Tino Gomes: “chancela do meu trabalho”

O cantor e compositor Tino Gomes destacou a importância da indicação do documentário “Catopezera -Ritmos de catopês”, diálogo com a música “Montesclareou”, de sua autoria em parceria com o compositor Georgino Junior, para Vestibular próprio da Unimontes. “Fiquei muito emocionado e feliz com a escolha do nosso documentário para o vestibular da Unimontes, que é, hoje, uma das grandes universidades do Brasil. Esse reconhecimento foi uma chancela do meu trabalho ao longo de 50 anos de carreira”, afirmou Tino Gomes.

O documentário “Catopezera”, produção de Tino Gomes em parceria com a cantora, percussionista e professora Danusa Menezes, focaliza os ritmos dos catopês, personagens das centenárias Festas de Agosto de Montes Claros.

Tino Gomes ressalta que o documentário também representa uma homenagem ao saudoso compositor Georgino Junior (falecido em 13 de outubro de 2018), que foi seu grande parceiro na música “Montesclareou”. A composição aborda o sincretismo religioso, a devoção, a alegria e o encanto dos catopês nas Festas de Agosto, enaltecendo o Mestre Zanza (João Pimenta dos Santos). Ele faleceu em 25 de outubro de 2021, depois de comandar os grupos de catopês, marujos e cabloclinhos (astros da manifestação folclórica) por mais de seis décadas.

“Maria Dusá- livro baseou novela Indicado para segunda etapa do PAES/Unimontes, o “Maria Dusá”, de Lindolfo Rocha, baseou a novela “Maria, Maria”, adaptada por Manoel Carlos, que foi levada ao ar pela Rede Globo em 1978, tendo como protagonista a atriz Nívea Maria.

Intelectual autodidata, Lindolfo Rocha estudou inglês, francês e latim. O escritor também graduou-se em Direito.

Divulgadas obras literárias indicadas para o vestibular próprio e PAES
Em destaque produção de Tino Gomes e livro de autor de Grão Mogol que baseou novela

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

Estudantes recebem orientações sobre ações seguras no trânsito
Estudantes recebem orientações sobre ações seguras no trânsito
Estudantes têm estágios garantidos em empresas do Vale do Lítio
Estudantes têm estágios garantidos em empresas do Vale do Lítio
Três equipes de Janaúba em final nacional
Três equipes de Janaúba em final nacional
Divulgadas obras literárias indicadas para o vestibular próprio e PAES
Divulgadas obras literárias indicadas para o vestibular próprio e PAES
Estudantes das escolas municipais participam das campanhas de prevenção Maio Amarelo e Laranja
Estudantes das escolas municipais participam das campanhas de prevenção Maio Amarelo e Laranja
Estudantes participam de curso de formação profissional
Estudantes participam de curso de formação profissional
Universo encantado da literatura invade escolas da rede municipal
Universo encantado da literatura invade escolas da rede municipal
Grupo Escoteiro São José completa 55 anos
Grupo Escoteiro São José completa 55 anos
CB participa de ação preventiva em escola contra acidentes de trânsito
Deputados garantem ampliação de benefícios para universitários
Escola Florêncio Pereira homenageia famílias em Monte Azul
Estado repassou R$ 180 mi para manutenção e custeio das escolas
Câmara comemora o Dia do Movimento Estudantil
Secretaria de Educação está com vagas de estágio abertas em MG
Audiência discute remuneração na educação básica em Minas
Unimontes empossa 52 servidores classificados no concurso público
Saúde reforça prevenção e enfrentamento às doenças respiratórias
Sindicato da PP ameaça ‘parar’ visita a detentos
Bombeiros realizam captura de serpente em área urbana
Sejusp intensifica acesso à documentação para detentos
CB participa de ação preventiva em escola contra acidentes de trânsito