[views count="1" print="0"]

Curso prático reúne profissionais de 27 municípios de MG na cidade

Numa iniciativa do Ministério da Saúde, através da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e da Secretaria de Estado da Saúde de Minas Gerais (SES-MG)

Numa iniciativa do Ministério da Saúde, através da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e da Secretaria de Estado da Saúde de Minas Gerais (SES-MG), Montes Claros sediou, na última sexta-feira (27/10), aula prática do Curso de Formação em Auriculoterapia para profissionais de serviços de atenção básica. A capacitação organizada pela Superintendência Regional de Saúde de Montes Claros (SRS) ocorreu no auditório do Consórcio Intermunicipal Multifinalitário da Área Mineira da Sudene (Cimams) e contou com a participação de profissionais de saúde de 27 municípios de várias regiões do Estado. O curso foi ministrado pelo instrutor da UFSC, Eduardo Nunes da Silva.

Em Minas Gerais, Montes Claros e Belo Horizonte foram os municípios selecionados para sediar as aulas práticas do curso de auriculoterapia, que tem como objetivo capacitar profissionais de nível superior, por meio de ensino semipresencial. Eles precisam ter formação de nível superior e atuação, de preferência efetiva, em Equipes de Saúde da Família (ESF); Unidades Básicas de Saúde (UBS) ou centros de saúde tradicionais; em equipes de atenção domiciliar; consultórios de rua; equipes de saúde fluvial e similares.

Em Montes Claros, o curso foi dividido em duas turmas, totalizando 40 profissionais de Montes Claros, Araguari, Ibiaí, Carbonita, Unaí, Claro dos Poções, Bocaiúva, Mirabela, Pirapora, Itambacuri, Buritizeiro, Chapada do Norte, Unaí, São João da Lagoa, Botumirim, Lagoa dos Patos, Araçuaí, Dom Bosco, Salinas, Capitão Enéas, Turmalina, Curral de Dentro, Comercinho, São Francisco, Joaquim Felício, Couto de Magalhães e São Gonçalo do Rio Preto.

CONTEÚDO

Referência técnica da Coordenadoria de Atenção à Saúde da SRS, Patrícia Lima Magalhães explica que o conteúdo da capacitação foi dividido em duas etapas, sendo a primeira teórica, na modalidade ensino à distância (EaD). Essa fase é dividida em cinco módulos sequenciais, com carga horária de 75 horas. Na segunda etapa, os profissionais participam de aula prática e presencial, com carga horária de cinco horas.

HUMANIZAÇÃO

“Aumentar o número de profissionais qualificados para ofertar a auriculoterapia nos serviços de atenção primária à saúde possibilitará um cuidado mais humanizado e integral à saúde dos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). Além disso, viabilizará aos municípios o recebimento de insumos fornecidos pela SES-MG, a partir da Deliberação 4.096, aprovada pela Comissão Intergestores Bipartite (CIBSUS) no dia 14 de fevereiro. Foram estabelecidos os critérios para a distribuição de insumos para as práticas integrativas e complementares em saúde. A distribuição aos municípios teve início em abril e farão jus aos materiais as localidades que já têm as práticas de auriculoterapia implementadas e registradas nos sistemas oficiais de saúde da atenção primária, no semestre correspondente ao exercício anterior”, explica Patrícia Magalhães.

Curso prático reúne profissionais de 27 municípios de MG na cidade
PARTICIPANTES do curso prático de auriculoterapia realizado em Montes Claros

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

Programa chega a Taiobeiras
Programa chega a Taiobeiras
Médico recebeu título de Cidadão Honorário
Médico recebeu título de Cidadão Honorário
Situação da BR-251 pauta mobilização
Situação da BR-251 pauta mobilização
Mutirão de limpeza contra o Aedes aegypti mobiliza 35 municípios
Mutirão de limpeza contra o Aedes aegypti mobiliza 35 municípios
Santa Casa de Montes Claros A Unilever anunciou um investimento de R$ 80 milhões para a Unilever investe R$ 80 mi em Pouso Alegre discute planejamento estratégico
Santa Casa de Montes Claros discute planejamento estratégico
Presidente do HAT busca apoio financeiro em Brasília
Presidente do HAT busca apoio financeiro em Brasília
Itacarambi realiza avaliações com mais de 100 pacientes
Itacarambi realiza avaliações com mais de 100 pacientes
HDG recicla mais de 20 toneladas de resíduos em 2023
HDG recicla mais de 20 toneladas de resíduos em 2023
Casos de dengue disparam e CCZ fará outro mutirão neste sábado
Projeto prevê obrigatoriedade de mamógrafo em municípios
Proposta cria programa para monitorar saúde e prevenir doença em idosos
Secretário e coordenador de Saúde explicam que município passa por momento atípicos de casos
Minas Gerais abre inscrições para curso de Trabalho e Saúde Mental
Publicados avisos de licitação para construção de duas UPAs
Câmara aprova projeto que vai beneficiar santas casas
Montalvânia adere a campanha de conscientização
BANNER 2
Rotary presta homenagens ao comemorar 30 anos
Dino toma posse como ministro do STF
Carreta carregada de gesso tomba na Serra de Francisco Sá
Perseguição da PM termina em prisão e recuperação de caminhonete em Patis
Justiça Federal determina retorno de montes-clarense para tratamento em MG