Criminosos rendem motorista de coletivo e tentam incendiar veículo

Dois criminosos tentaram incendiar um ônibus do transporte coletivo no início da manhã dessa terça-feira (4/6), em Montes Claros.

Dois criminosos tentaram incendiar um ônibus do transporte coletivo no início da manhã dessa terça-feira (4/6), em Montes Claros. Ninguém ficou ferido. O veículo seguia por uma avenida do Bairro Nova América, quando o motorista foi rendido pelos bandidos.

Segundo o sargento da Polícia Miliar, Júnior Brasílio, os dois autores estavam em uma motocicleta de cor escura e abordaram motorista e passageiros que estavam dentro do ônibus. Sob ameaça com uma arma de fogo, eles atearam gasolina no interior do veículo e mandaram os ocupantes descerem e atearam fogo.

O motorista, que preferiu não ser identificado, também relatou como tudo ocorreu. “Chegaram os dois rapazes e mandaram a gente descer e colocaram fogo. A gente saiu desesperado e eles saíram também. [Antes da fuga], eles deixaram uma carta que entreguei para os policiais”. A carta deixada pelos bandidos menciona a insatisfação com a revista durante visita no Presídio.

“De maneira genérica o teor é uma insatisfação com a questão de visitas sociais no presídio, mas não especificou qual unidade prisional. Essas informações estão sendo repassadas a Polícia Civil para posterior investigação”, falou o sargento. O teto e algumas poltronas do ônibus ficaram danificados. O fogo só não se alastrou porque um motorista que passava pelo local conseguiu conter o incêndio com uso de um extintor.

A Polícia Civil esteve no local e realizou os trabalhos periciais. A carta foi entregue à PC, junto com o galão de combustíveis. Em nota, a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública de Minas Gerais (Sejusp) informou que o Departamento Penitenciário do Estado (Depen-MG) tem ciência da ocorrência de tentativa de incêndio e colabora com as apurações.

“A Polícia Penal colabora com a Polícia Civil nas investigações criminais. Ao fim do inquérito policial, que irá apurar se a ocorrência realmente tem ligação com o sistema prisional, os possíveis responsáveis sofrerão as sanções administrativas e criminais cabíveis”, diz a nota.

Criminosos rendem motorista de coletivo e tentam incendiar veículo
Um motorista que passava pelo local conseguiu conter o incêndio com uso de um extintor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

Polícia Civil lança site sobre desaparecimento de pessoas
Polícia Civil lança site sobre desaparecimento de pessoas
Polícia de Meio Ambiente lança Operação “Curupira”
Polícia de Meio Ambiente lança Operação “Curupira”
Pedestre fica ferido ao ser atropelado por carro
Pedestre fica ferido ao ser atropelado por carro
Vítimas de acidente em estradas federais caem 60% em Minas Gerais
Vítimas de acidente em estradas federais caem 60% em Minas Gerais
Criminosos rendem motorista de coletivo e tentam incendiar veículo
Criminosos rendem motorista de coletivo e tentam incendiar veículo
Casos de ‘stalking’ crescem 40% em um ano em Minas Gerais
Casos de ‘stalking’ crescem 40%em um ano em Minas Gerais
Homem condenado a 166 anos por abusos sexuais contra quatro filhas
Homem condenado a 166 anos por abusos sexuais contra quatro filhas
PRF faz operação com 800 policiais nas rodovias de MG
PRF faz operação com 800 policiais nas rodovias de MG
PC alerta para notícias falsas sobre carteira de identidade
Forças de segurança protestam por reajuste
Cegonheira apreendida e motorista detido por direção perigosa na 251
Assaltantes levam mochila com R$ 38 mil
Bandidos invadem casa em Janaúba e roubam R$ 100 mil
Criminosos fingem ajudar motociclista para assaltá-lo
PC investiga suposto envenenamento de duas irmãs de 3 e 6 anos em Jaíba
Operação Corpus Christi nas rodovias do Norte de Minas
PC alerta para notícias falsas sobre carteira de identidade
TJMG participa do anúncio das obras de quartel dos Bombeiros
Polícia Civil lança site sobre desaparecimento de pessoas
Polícia de Meio Ambiente lança Operação “Curupira”
Forças de segurança protestam por reajuste