Cidade aparece bem no Censo do Saneamento

Novos dados divulgados do Censo 2022 divulgados nessa sexta-feira (23) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram como é o acesso ao saneamento básico e à coleta de lixo nos municípios do Brasil. Os indicadores melhoraram desde 2010.

Novos dados divulgados do Censo 2022 divulgados nessa sexta-feira (23) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram como é o acesso ao saneamento básico e à coleta de lixo nos municípios do Brasil. Os indicadores melhoraram desde 2010.

O percentual de pessoas vivendo em lares com descarte adequado de esgoto subiu de 64,5% para 75,5; com banheiro exclusivo (não compartilhado), de 64,5% para 97,8%; com coleta de lixo, de 85,8% para 90,9%; com ligação à rede geral de água (a forma mais comum), de 81,5% para 86,6% (incluídos os que não utilizam a rede como forma principal).

O município de Montes Claros aparece bem no levantamento. Em 2022, 99,73% da população tinham água canalizada, 94,96% da população tinham coleta de esgoto, 99,8% dos moradores contavam com banheiro em casa, e 96,59% dos residentes eram contemplados com coleta de lixo. Montes Claros tem uma população de 414.240 habitantes, sendo 215.465 mulheres e 198.775 homens. Os serviços de abastecimento de água e coleta de esgoto são operados pela Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) e a coleta de lixo é feita pela Prefeitura.

NA CONTRAMÃO

Mesmo com o avanço ocorrido desde 2010, ainda assim, em 2022, o Brasil tinha 49 milhões de pessoas em residências sem descarte adequado de esgoto (24% da população); 18 milhões sem coleta de lixo (9%); 6 milhões sem abastecimento de água adequado (3%); e 1,2 milhão sem banheiro ou sequer um sanitário (0,6%).

DIVULGAÇÃO

As informações do Censo 2022 começaram a ser divulgadas em junho de 2023. Desde então, foi possível saber que: o Brasil tem 203 milhões de habitantes, número menor do que era estimado pelas projeções iniciais; o país segue se tornando cada vez mais feminino e mais velho. A idade mediana do brasileiro passou de 29 anos (em 2010) para 35 anos (em 2022). Isso significa que metade da população tem até 35 anos, e a outra metade é mais velha que isso.

Há cerca de 104,5 milhões de mulheres, 51,5% do total de brasileiros; 1,3 milhão de pessoas que se identificam como quilombolas (0,65% do total) – foi a primeira vez na História em que o Censo incluiu em seus questionários perguntas para identificar esse grupo; O número de indígenas cresceu 89%, para 1,7 milhão, em relação ao Censo de 2010. Isso pode ser explicado pela mudança no mapeamento e na metodologia da pesquisa para os povos indígenas, que permitiu identificar mais pessoas; Pela primeira vez, os brasileiros se declararam mais pardos que brancos, e a população preta cresceu.

Também pela primeira vez, o instituto mapeou todas as coordenadas geográficas e os tipos de edificações que compõem os 111 milhões de endereços do país, e constatou que o Brasil tem mais templos religiosos do que hospitais e escolas juntos. Após 50 anos, termo favela voltou a ser usado no Censo.

Cidade aparece bem no Censo do Saneamento
QUASE 100% da população de Montes Claros têm acesso à água canalizada

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

Entidades empresariais realizam o Acelera 3.0 na cidade no dia 22
Entidades empresariais realizam o Acelera 3.0 na cidade no dia 22
Com uso de drone, homem desaparecido é encontrado
Com uso de drone, homem desaparecido é encontrado
Obra da ponte do JK avança e deverá ser concluída em maio
Obra da ponte do JK avança e deverá ser concluída em maio
MÉDICO RECEBE HOMENAGEM NA CÂMARA
MÉDICO RECEBE HOMENAGEM NA CÂMARA
Soterramento em obra deixa um homem morto e outro ferido
Soterramento em obra deixa um homem morto e outro ferido
RFB retém R$ 300 mil em mercadorias
RFB retém R$ 300 mil em mercadorias
Dnocs realiza pavimentação em municípios do Norte de Minas
Dnocs realiza pavimentação em municípios do Norte de Minas
Zona eleitoral da cidade conquista Selo Ouro
Zona eleitoral da cidade conquista Selo Ouro
Amams promoverá encontro para discutir assistência social
Januária passará por inspeção técnica na Comarca
Lançamento será em Montes Claros no dia 18
Secretário exalta relevância de programa que atende a região
TJMG realiza Mutirões do Júri em comarcas do interior de MG
Pintor cai de andaime após receber descarga elétrica
Copasa inicia obras para ampliar oferta de esgotamento sanitário
Prefeituras recebem primeiro FPM de abril
Estado consolida liderança nacional em energia solar
Jovem é agredido e amarrado dentro de casa durante assalto
Roubada carga de 20 toneladas enviada para prédio interditado
Motociclista bate em carro e é arremessado em avenida
Carro furtado em SP é apreendido na MGC-122