Cemig inova no atendimento com equipamentos especiais

Diante de tempestades severas em todo o Brasil, consequência recai sobre o sistema elétrico, que tem sido duramente afetado com a queda de árvores nas estruturas, descargas atmosféricas e arremesso de objetos na rede elétrica.

Diante de tempestades severas em todo o Brasil, consequência recai sobre o sistema elétrico, que tem sido duramente afetado com a queda de árvores nas estruturas, descargas atmosféricas e arremesso de objetos na rede elétrica. Para agilizar o restabelecimento em situações como essas, principalmente nas regiões rurais, a Cemig investe continuamente em veículos e equipamentos modernos que auxiliam os técnicos em campo e agilizam atendimentos emergenciais e manutenção preventiva no sistema elétrico.

Para atendimentos em áreas de difícil acesso, a Cemig tem à disposição dois helicópteros que podem transportar técnicos e materiais, além de inspecionar com mais facilidade o sistema de distribuição. Na última semana de 2023, por exemplo, uma dessas aeronaves foi utilizada para auxiliar as equipes de campo em áreas montanhosas e de vegetação densa do município de Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), que foi fortemente castigada por tempestades. 

Fabio Lana, técnico do Sistema Elétrico da Cemig, dá mais detalhes sobre o uso desse tipo de suporte para os clientes da empresa em toda a área de concessão da companhia. “No ano passado, os helicópteros foram acionados cinco vezes para atendimento a emergências, somando aproximadamente 1,1 mil quilômetros de linhas percorridas na identificação dos fatores causadores de interrupção de energia elétrica. Foram realizados desde o voo de inspeção com técnicos até o transporte de materiais necessários, agilizando muito o restabelecimento do fornecimento de energia aos clientes”, afirma.  

UTV

A Cemig também conta com 20 quadriciclos fora-de-estrada do tipo UTV (sigla em inglês para Utility Vehicle Task), investimento de R$ 2,8 milhões. Esse tipo de veículo é utilizado em serviços emergenciais para acessar locais em que não é possível chegar com caminhonetes 4×4, principalmente no período chuvoso. Os UTVs, além de levar os colaboradores em áreas de difícil acesso, também são importantes para o transporte de equipamentos e materiais.  

Delto Rodrigo Ambrósio, supervisor do sistema elétrico da distribuição da Cemig, explica como as UTVs estão facilitando o serviço das equipes de campo da Cemig e, desta forma, beneficiando os clientes da empresa. “O UTV é utilizado em locais em que não é possível transitar com o veículo normal ou 4 x 4. Dessa forma, utilizamos o quadriciclo fora-de-estrada, tanto para atendimento de clientes sem energia quanto para serviços de ampliação e construção de novas redes. Eles facilitam na instalação de postes em alto de morros e, também, para levar transformadores e outros materiais pesados, facilitando o serviço das equipes de campo e reduzindo o tempo de atendimento das manutenções emergenciais”, destaca.

As duas regiões com mais UTVs na área de concessão da companhia são a Leste e a Zona da Mata, com quatro unidades cada uma. Além desses veículos, a Cemig possui 770 veículos 4 x 4 que auxiliam as equipes de campo nos trabalhos de restabelecimento e manutenção do sistema elétrico de Minas Gerais.

Além de auxiliar as equipes de campo em áreas de difícil acesso, os helicópteros têm outra função importante na Cemig: realizar inspeções aéreas preventivas nas principais linhas de distribuição e transmissão de energia da companhia.  

“Essas inspeções ocorrem com a aeronave percorrendo toda extensão das linhas, desde as usinas até as subestações, utilizando o gimbal, equipamento de última geração que fornece imagens termográficas em tempo real. Os dados captados permitem visualizar as condições das linhas de distribuição e detectar possíveis pontos frágeis, que, em seguida, recebem manutenções preventivas necessárias visando reduzir o risco de interrupções acidentais no fornecimento de energia”, explica Fabio Lana.

DRONES

Além disso, a Cemig tem utilizado drones em inspeções da rede elétrica, especialmente em áreas rurais, em locais em que o acesso é mais difícil. Essa técnica garante maior efetividade na detecção de defeitos que podem levar a interrupções no fornecimento de energia, mais segurança aos técnicos e mais agilidade ao processo. Entre os defeitos identificados com o equipamento, estão árvores tocando na rede, cruzetas danificadas e postes precisando de manutenção.  

“É uma tecnologia que tem se mostrado essencial para auxiliar nas inspeções visuais, uma vez que oferece uma visão detalhada da parte superior da rede e dos postes, revelando defeitos que seriam impossíveis de serem observados a olho nu. Esses equipamentos permitem uma visão mais ampla e privilegiada da fiação, o que torna as inspeções mais efetivas e seguras”, afirma o especialista da Cemig.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

Emater investe R$ 2,6 mi em qualificação de colaboradores
Emater investe R$ 2,6 mi em qualificação de colaboradores
DPMG realizará mutirão em São Francisco
DPMG realiza Mutirão das Famílias nesta sexta
Fórum abordará influência das redes na carreira profissional
Fórum abordará influência das redes na carreira profissional
Lote sujo preocupa moradores e comerciantes
Lote sujo preocupa moradores e comerciantes
Empresa vencedora vai executar obra de cratera
Empresa vencedora vai executar obra de cratera
Entidades empresariais realizam o Acelera 3.0 na cidade no dia 22
Entidades empresariais realizam o Acelera 3.0 na cidade no dia 22
Com uso de drone, homem desaparecido é encontrado
Com uso de drone, homem desaparecido é encontrado
Obra da ponte do JK avança e deverá ser concluída em maio
Obra da ponte do JK avança e deverá ser concluída em maio
Jovem que ingeriu colher deixa hospital sem finalizar tratamento
Projeto MP em Movimento será lançado hoje em MOC
TRE instala posto temporário na Assembleia Legislativa
Amams promoverá encontro para discutir assistência social
Januária passará por inspeção técnica na Comarca
Lançamento será em Montes Claros no dia 18
Secretário exalta relevância de programa que atende a região
TJMG realiza Mutirões do Júri em comarcas do interior de MG
Emater investe R$ 2,6 mi em qualificação de colaboradores
Reforço na fiscalização ambiental em Minas
Dupla detida suspeita de tráfico de drogas
Homem condenado a 14anos de prisão por homicídio
Pássaros da fauna silvestre apreendidos