Biólogo explica impacto da floração para o ecossistema

Considerada a estação mais encantadora do ano, a Primavera começou no último dia 23 no Brasil.

Considerada a estação mais encantadora do ano, a Primavera começou no último dia 23 no Brasil. A chegada da estação, especialmente no Cerrado brasileiro, a transição de estação e a relação com as mudanças climáticas ocorrem de modo distintos dos demais biomas. Professor de Ciências Biológicas do Centro Universitário de Brasília (CEUB), Stefano Aires detalha as mudanças na flora, os impactos do clima e a importância da estação para o ecossistema.

Uma das características mais marcantes da Primavera é a mudança no clima em relação ao Inverno. “No Cerrado, a Primavera traz consigo o início das chuvas, temperaturas mais amenas e vegetação mais úmida. Isso reduz significativamente o risco de incêndios florestais de grande porte”, explica o professor Aires. A umidade relativa do ar também aumenta, criando um ambiente propício para polinizadores e permitindo que as plantas iniciem seu ciclo reprodutivo.

Considerada uma das estações mais bonitas do ano, a Primavera no Cerrado é caracterizada por diversas floradas marcantes. O biólogo explica que o ipê branco floresce até outubro, enquanto o jacaré-mirim e o flamboyant começam a mostrar suas flores. O professor destaca também a Kaliandra (foto), flor vermelha típica da região, além das flores que geram os frutos do pequi e a cagaita, frutas importantes para a cultura local. “Essas são apenas algumas das espécies emblemáticas da estação”.

O docente de Ciências Biológicas do CEUB revela que as plantas do Cerrado têm duas estratégias reprodutivas distintas. Algumas florescem no Inverno, aproveitando o vento para dispersar suas sementes, enquanto outras florescem na Primavera, polinizando com a ajuda de animais, como insetos, mamíferos e aves. De acordo com levantamento do Instituto Chico Mendes (ICMBio), o bioma, que abriga mais de 12 mil espécies de plantas, é considerado a savana mais rica do mundo.

MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Sobre o clima, Stefano Aires ressalta que os fenômenos climáticos influenciam diretamente na floração das plantas. “Este ano, observamos atrasos significativos na florada do Ipê devido ao atraso nas chuvas”. Ele menciona a série de recordes de calor recentes, enfatizando a importância de monitorar as previsões climáticas. “Isso sugere que a Primavera pode ser afetada, com potencial impacto no verão”, alerta o especialista.

O aumento da temperatura e a falta de chuvas podem afetar a reprodução de plantas e animais do Cerrado. Segundo o docente do CEUB, o calor e a baixa umidade do ar aumentam o risco de incêndios florestais prolongados. Segundo o biólogo, a chegada da Primavera no Cerrado é um lembrete da interconexão entre a natureza e o clima, e a importância de proteger esse ecossistema único: “Conforme o Cerrado se transforma, nossa responsabilidade de conservá-lo e adaptar-se às mudanças climáticas também cresce”.

Biólogo explica impacto da floração para o ecossistema
Biólogo explica impacto da floração para o ecossistema

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

Seminário apresenta projetos nesta quinta
Seminário apresenta projetos nesta quinta
Município adia início do prazo de inscrições para o dia 1º de julho
Montes Claros poderá registrar temperatura mínima de 12ºC
Temperaturas entram em declínio no Norte de Minas
Temperaturas entram em declínio no Norte de Minas
Deputado exalta reunião sobre energia limpa
Deputado exalta reunião sobre energia limpa
Minas celebra redução no desmatamento
Minas celebra redução no desmatamento
Irrigantes se reúnem em Nova Porteirinha e Jaíba
Irrigantes se reúnem em Nova Porteirinha e Jaíba
Parceria projeta potencializar o extrativismo em Montes Claros
Parceria projeta potencializar o extrativismo em Montes Claros
Parque Estadual de Botumirim inaugura novas estruturas
Parque Estadual de Botumirim inaugura novas estruturas
Bombeiros realizam captura de serpente em área urbana
Cerrado e caatinga apresentam índices de 43% e 37% em Minas
Programa da Prefeitura investe em sustentabilidade e inclusão
Estado entrega 81 novos carros para unidades regionais do IEF
Defesa Civil faz alerta para nova onda de calor em Minas Gerais
Simpósio acontecerá em Salvador
Membros do CBHSF participam do encontro de comitês em BH
Dnocs participa de evento de apresentação do prognóstico de chuvas e seca no semiárido
PC alerta para notícias falsas sobre carteira de identidade
TJMG participa do anúncio das obras de quartel dos Bombeiros
Polícia Civil lança site sobre desaparecimento de pessoas
Polícia de Meio Ambiente lança Operação “Curupira”
Forças de segurança protestam por reajuste