Beneficiados por saídas temporárias são procurados

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por meio do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça Criminais do Estado (Caocrim), inseriu no “Programa MPMG Busca” 24 condenados que receberam o benefício da saída temporária, em dezembro de 2024 (o benefício também é conhecido como “saidinha de fim de ano”), porém não retornaram às unidades prisionais até o momento.

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por meio do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça Criminais do Estado (Caocrim), inseriu no “Programa MPMG Busca” 24 condenados que receberam o benefício da saída temporária, em dezembro de 2024 (o benefício também é conhecido como “saidinha de fim de ano”), porém não retornaram às unidades prisionais até o momento.

São procurados autores de crimes graves, como tráfico de drogas, crimes contra o sistema nacional de armas, homicídio, roubo, latrocínio, estupro, estupro de vulnerável, corrupção ativa e ocultação de cadáver. O “MPMG Busca” objetiva a difusão e a interlocução interinstitucional a fim de promover a prisão de pessoas foragidas ou evadidas do sistema prisional consideradas como alvos prioritários em razão das particularidades de cada caso.

Com a providência, foram produzidos e divulgados cartazes contendo as fotografias, nomes, crimes cometidos e o nome da unidade prisional de onde os presos evadiram. As instituições parceiras das forças de segurança pública de todo o país, incluindo as Polícias Civil, Federal, Militar, Penal, Rodoviária Federal e Interpol foram acionadas pelo Caocrim com pedido de colaboração para a captura dos foragidos.

BENEFICIADOS – Em dezembro de 2023, foram concedidas saídas temporárias a 3.760 no estado. Desse total, 142 não retornaram às unidades prisionais de onde saíram no prazo fixado pelo Poder Judiciário, o que motivou ações de busca e captura pelas forças policiais. Atualmente, 24 condenados ainda são procurados.

CANAL DE DENÚNCIAS – Qualquer cidadão que tem informações sobre a localização de procurados pode denunciar à Ouvidoria do Ministério Público de Minas Gerais pelos telefones 127 e (31) 3330- 9504 ou ainda por meio do portal da instituição. A denúncia é sigilosa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

Polícia Civil lança site sobre desaparecimento de pessoas
Polícia Civil lança site sobre desaparecimento de pessoas
Polícia de Meio Ambiente lança Operação “Curupira”
Polícia de Meio Ambiente lança Operação “Curupira”
Pedestre fica ferido ao ser atropelado por carro
Pedestre fica ferido ao ser atropelado por carro
Vítimas de acidente em estradas federais caem 60% em Minas Gerais
Vítimas de acidente em estradas federais caem 60% em Minas Gerais
Criminosos rendem motorista de coletivo e tentam incendiar veículo
Criminosos rendem motorista de coletivo e tentam incendiar veículo
Casos de ‘stalking’ crescem 40% em um ano em Minas Gerais
Casos de ‘stalking’ crescem 40%em um ano em Minas Gerais
Homem condenado a 166 anos por abusos sexuais contra quatro filhas
Homem condenado a 166 anos por abusos sexuais contra quatro filhas
PRF faz operação com 800 policiais nas rodovias de MG
PRF faz operação com 800 policiais nas rodovias de MG
PC alerta para notícias falsas sobre carteira de identidade
Forças de segurança protestam por reajuste
Cegonheira apreendida e motorista detido por direção perigosa na 251
Assaltantes levam mochila com R$ 38 mil
Bandidos invadem casa em Janaúba e roubam R$ 100 mil
Criminosos fingem ajudar motociclista para assaltá-lo
PC investiga suposto envenenamento de duas irmãs de 3 e 6 anos em Jaíba
Operação Corpus Christi nas rodovias do Norte de Minas
PC alerta para notícias falsas sobre carteira de identidade
TJMG participa do anúncio das obras de quartel dos Bombeiros
Polícia Civil lança site sobre desaparecimento de pessoas
Polícia de Meio Ambiente lança Operação “Curupira”
Forças de segurança protestam por reajuste