Aumento de casos e circulação do sorotipo 2 da dengue reforça orientações da SES

Com a detecção da circulação dos sorotipos 1 e 2 da dengue nos municípios de Bocaiúva, Engenheiro Navarro e Joaquim Felício, além da confirmação de um óbito ocorrido neste ano ocasionado por dengue, a Superintendência Regional de Saúde de Montes Claros (SRS) está reforçando junto aos 54 municípios da sua área de atuação a necessidade de intensificação das ações de enfrentamento às arboviroses (dengue, febre Chikungunya e Zika vírus).

Com a detecção da circulação dos sorotipos 1 e 2 da dengue nos municípios de Bocaiúva, Engenheiro Navarro e Joaquim Felício, além da confirmação de um óbito ocorrido neste ano ocasionado por dengue, a Superintendência Regional de Saúde de Montes Claros (SRS) está reforçando junto aos 54 municípios da sua área de atuação a necessidade de intensificação das ações de enfrentamento às arboviroses (dengue, febre Chikungunya e Zika vírus). O repasse de orientações sobre a necessidade de ampliação dos atendimentos da população nas unidades de saúde e coleta de amostras para análise laboratorial visando a identificação dos sorotipos circulantes na região, leva em conta que entre os dias 15 e 26 deste mês houve aumento de 167,90% dos casos notificados de doenças transmitidas pelo Aedes aegypti no Norte de Minas.

Boletim Epidemiológico divulgado nesta segunda-feira, 26, pela Secretaria de Estado da Saúde de Minas Gerais (SES-MG) aponta que até o dia 15 de fevereiro haviam sido notificados 7 mil 029 casos prováveis de arboviroses em 54 municípios que integram a área de atuação da SRS de Montes Claros. Já o Boletim divulgado nesta segunda-feira aponta que as notificações aumentaram para 11 mil 802 casos prováveis.

No Boletim Epidemiológico do dia 15 de fevereiro constava 6 mil 771 casos prováveis de dengue na área de jurisdição da SRS de Montes Claros, quantidade esta que saltou para 11 mil 464 casos notificados até segunda-feira (26). Isso representa 169,31% de aumento dos casos prováveis de dengue.

Em relação à febre Chikungunya houve aumento de 128,96% dos casos prováveis. Saltou de 252 casos notificados na semana passada para 325 até o dia 26.

Já o percentual de casos prováveis de Zika vírus é ainda maior: 216,6%. Aumentou de seis casos prováveis notificados até o dia 15 de fevereiro para 13 casos até esta segunda-feira.

De acordo com o Portal da Vigilância das Arboviroses, mantido pela SES-MG, na área de atuação da Superintendência Regional de Saúde de Montes Claros há 1.818 casos confirmados de dengue; 33 da febre Chikungunya e um caso de Zika vírus. Um óbito causado por dengue foi confirmado no município de Bocaiúva e cinco estão sendo investigados por meio de análise de amostras no laboratório da Fundação Ezequiel Dias (Funed), em Belo Horizonte.

“Os percentuais de aumento de casos prováveis das doenças transmitidas pelo Aedes aegypti é preocupante visto que ainda estamos no início do ano, com alternância de períodos de chuva e dias de temperaturas altas. Isso propicia ambiente favorável à proliferação do Aedes aegypti e, por isso, os municípios precisam intensificar as ações de mobilização da população para a eliminação de focos”, reforça Agna Soares da Silva Menezes, coordenadora do Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs) na SRS de Montes Claros.

A coordenadora do Cievs e da vigilância em saúde na Superintendência Regional de Montes Claros esclarece que “a circulação do sorotipo 2 da dengue preocupa porque cada vez que uma pessoa entra em contato com um vírus diferente daquele que causou a primeira infecção, o paciente terá tendência a desenvolver uma doença mais grave, com isso potencializando o risco de óbito”.

Aumento de casos e circulação do sorotipo 2 da dengue reforça orientações da SES
SES-MG orienta municípios ampliar horário de funcionamento das unidades de saúde

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

SRS conclui oficina com foco na atenção primária e assistência às gestantes
SRS conclui oficina com foco na atenção primária e assistência às gestantes
Secretaria mobiliza municípios para vacinação
Secretaria mobiliza municípios para vacinação
Buritizeiro utiliza drone em ações de combate ao mosquito
Buritizeiro utiliza drone em ações de combate ao mosquito
Arcebispo visita o HUCF e exalta a importância da espiritualidade
Arcebispo visita o HUCF e exalta a importância da espiritualidade
SES-MG alerta municípios para a importância do diagnóstico correto das arboviroses
SES-MG alerta municípios para a importância do diagnóstico correto das arboviroses
Janaúba apresenta plano de atendimento
Janaúba apresenta plano de atendimento
Profissionais são atualizados sobre diagnóstico da doença
Profissionais são atualizados sobre diagnóstico da doença
Estudantes produzem repelente natural para ajudar no combate
Estudantes produzem repelente natural para ajudar no combate
CRAS realiza campanha nas escolas da sede e zona rural para conscientizar mulheres
Guerra contra o Aedes aegypti chega ao Planalto nesta quinta
Comissão de Saúde é favorável a uso de bactéria no combate à dengue
Unicef faz apelo aos municípios para a vacinação dos estudantes
Consumo de serviços de saúde avança 10,3% após pandemia
Inscrições para o Concurso da Saúde terminam nesta quinta
Mutirão de Prevenção do Câncer será nesta sexta
Modernização do SUS fácil pauta audiência na Assembleia Legislativa
Governo mapeia demandas do mercado de trabalho
Lava-jato era usado com o ponto de tráfico de drogas
Recurso vai definir se polícia pode criar site para identificar envolvidos
Vaca cai em reservatório de 4 metros de profundidade
TJMG realiza Mutirões do Júri em comarcas do interior de MG