Acordo mantém desoneração para municípios

Amams comemora redução da contribuição previdenciária e projeta benefícios às prefeituras

O Congresso e o Executivo entraram em um acordo sobre a desoneração da folha de pagamentos, tanto para empresas quanto para os municípios. O anúncio foi feito pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, do PSD de Minas Gerais, após reunião nessa quinta-feira com o ministro da fazenda, Fernando Haddad. A intenção é manter a desoneração no ano de 2024 e discutir a reoneração gradual a partir de 2025.

A Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene (Amams), recebeu com satisfação o anúncio da prorrogação da desoneração, que beneficiará os municípios com até 156 mil habitantes. A medida determina a manutenção dos 8% na alíquota da contribuição previdenciária até o final deste ano.

O presidente da Amams e prefeito de Padre Carvalho, José Nilson Bispo de Sá, o Nilsinho, frisou que a conquista é resultado de intensa mobilização de prefeitos e prefeitas de todo o país por meio das associações municipalistas, como a participação da Amams, que os vem mobilizando no Norte de Minas. Lembra que esta união apresenta resultados positivos, que vão se fazer sentir em curto espaço de tempo.

“Essa decisão vai contribuir em novos investimentos para os municípios, pois pagar 20% na contribuição previdenciária como estava determinado pesava muito para os cofres municipais, e essa medida, agora com queda para 8%, vai desafogar os investimentos e poderemos prestar melhor serviço à população”, comemora o dirigente municipalista. Ele agradeceu aos prefeitos associados que se engajaram nos protestos e mobilizações, cobrando do governo federal a redução da alíquota previdenciária.

O presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco, disse que além da manutenção da alíquota previdenciária em 8%, outras medidas serão tomadas pelo governo após reivindicações dos prefeitos e prefeitas. Uma das demandas é o parcelamento das dívidas previdenciárias, com a redução do índice de juros e a limitação do pagamento da parcela da receita corrente líquida de cada município.

PRAZO – A preocupação dos parlamentares é o prazo para evitar que os municípios e os setores produtivos voltem a pagar 20% de impostos sobre a folha salarial, que termina na segunda- -feira (20). Com uma decisão do STF sobre o tema, será possível incluir a questão dos municípios no projeto do senador Efraim Filho (União-PB) que consolida o acordo sobre a desoneração das empresas (PL 1.847/2024).

Pelo texto, a reoneração da folha para as empresas começará a partir de 2025, de forma gradual. O requerimento de urgência para votação da matéria em Plenário já foi apresentado e o texto deve ser votado na próxima semana. O relator é o líder do governo no Senado, senador Jaques Wagner (PT-BA), que agora terá que trabalhar para incluir no texto uma solução para a reoneração da folha dos municípios.

Acordo mantém desoneração para municípios
Mobilizados pela Amams, prefeitos do Norte de Minas discutiram sobre a desoneração da folha no Congresso Nacional

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

Emenda que amplia salário será votada
Emenda que amplia salário será votada
Presidente da Amams é homenageado pela AMM
Presidente da Amams é homenageado pela AMM
Prefeitura entrega certidões de regularização fundiária urbana
Prefeitura entrega certidões de regularização fundiária urbana
Governo aumenta reajuste salarial para 4,62%
Governo aumenta reajuste salarial para 4,62%
Cidade terá programa Governança Corporativa
Cidade terá programa Governança Corporativa
Projeto prevê proteção à mulher vítima de violência
Projeto prevê proteção à mulher vítima de violência
Montes-clarense assume o TSE pela segunda vez
Montes-clarense assume o TSE pela segunda vez
Prefeitura presta contas na Câmara
Prefeitura presta contas na Câmara
Zema exalta posse de montes-clarense no TSE
Congresso destaca apoio do Governo às prefeituras
Estado apresenta soluções inovadoras para municípios
Vereadores pedem fim do lixão no bairro Canelas
Deputada do PL vai assumir Secretaria no governo Zema
TRE trabalha com foco nas eleições municipais
Último FPM de maio tem aumento de 20%
Deputados aprovam revisão dos salários para servidores
PC alerta para notícias falsas sobre carteira de identidade
TJMG participa do anúncio das obras de quartel dos Bombeiros
Polícia Civil lança site sobre desaparecimento de pessoas
Polícia de Meio Ambiente lança Operação “Curupira”
Forças de segurança protestam por reajuste