Polícia Civil investiga furto em casa após interdição de prédio

A Polícia Civil instaurou um inquérito para investigar um furto ocorrido em uma casa que precisou ser esvaziada por estar nas proximidades do prédio de 18 andares, interditado no Jardim São Luiz, em Montes Claros.

A Polícia Civil instaurou um inquérito para investigar um furto ocorrido em uma casa que precisou ser esvaziada por estar nas proximidades do prédio de 18 andares, interditado no Jardim São Luiz, em Montes Claros. Segundo a moradora, o prejuízo estimado é de cerca de R$ 200 mil.

O crime ocorreu na última quarta-feira (10/4) e a PC só informou nessa quinta-feira (18/4), que a investigação tramita na 1ª Delegacia Distrital. Algumas diligências já foram feitas e o delegado responsável solicitou perícia no local dos fatos. Segundo o boletim de ocorrência registrado pela Polícia Militar, o criminoso entrou na casa durante a madrugada, provavelmente, após pular o muro. Em entrevista à Inter TV, a dona da residência, Tatiana Costa Rodrigues, contou que encontrou o imóvel revirado ao retornar para buscar alguns pertences.

“Cheguei e tomei um susto, fiquei meio apavorada, sem ação e sem saber o que fazer. […] A responsável pela construtora falou que poderíamos ficar despreocupados, que o local estava sendo monitorado, que teríamos segurança e nada iria acontecer”.

“O meu prejuízo é de cerca de R$ 200 mil de joias, aparelhos eletrônicos, relógios e enxoval, que eu revendia e ficou no nosso estoque”. A ação criminosa foi registrada por câmeras de segurança e de acordo com a PM, o bandido permaneceu no local por cerca de duas horas. Em seguida, fugiu em um carro levando os objetos furtados. Em nota, a Turano Construtora lamentou o ocorrido e solidarizou com a família. A empresa disse que confia nas autoridades “para coibir e punir tão reprovável conduta”.

NOTA NA ÍNTEGRA – A Turano Construtora lamenta profundamente o ocorrido e se solidariza com as vítimas do furto ocorrido. Desde o início, a construtora envida todos os esforços possíveis para uma célere e tranquila transição de retorno das pessoas às suas residências e evidencia que, mesmo aqueles que não se encontram no perímetro indicado pelas autoridades competentes, foram devidamente acolhidos, mesmo não estando expostos a qualquer risco imediato ou eventual.

Ciente de que o problema de segurança pública é uma pauta social extremamente relevante, a construtora confia nas autoridades municipais constituídas e no papel social das polícias militar e civil para coibir e punir tão reprovável conduta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

Polícia Civil lança site sobre desaparecimento de pessoas
Polícia Civil lança site sobre desaparecimento de pessoas
Polícia de Meio Ambiente lança Operação “Curupira”
Polícia de Meio Ambiente lança Operação “Curupira”
Pedestre fica ferido ao ser atropelado por carro
Pedestre fica ferido ao ser atropelado por carro
Vítimas de acidente em estradas federais caem 60% em Minas Gerais
Vítimas de acidente em estradas federais caem 60% em Minas Gerais
Criminosos rendem motorista de coletivo e tentam incendiar veículo
Criminosos rendem motorista de coletivo e tentam incendiar veículo
Casos de ‘stalking’ crescem 40% em um ano em Minas Gerais
Casos de ‘stalking’ crescem 40%em um ano em Minas Gerais
Homem condenado a 166 anos por abusos sexuais contra quatro filhas
Homem condenado a 166 anos por abusos sexuais contra quatro filhas
PRF faz operação com 800 policiais nas rodovias de MG
PRF faz operação com 800 policiais nas rodovias de MG
PC alerta para notícias falsas sobre carteira de identidade
Forças de segurança protestam por reajuste
Cegonheira apreendida e motorista detido por direção perigosa na 251
Assaltantes levam mochila com R$ 38 mil
Bandidos invadem casa em Janaúba e roubam R$ 100 mil
Criminosos fingem ajudar motociclista para assaltá-lo
PC investiga suposto envenenamento de duas irmãs de 3 e 6 anos em Jaíba
Operação Corpus Christi nas rodovias do Norte de Minas
PC alerta para notícias falsas sobre carteira de identidade
TJMG participa do anúncio das obras de quartel dos Bombeiros
Polícia Civil lança site sobre desaparecimento de pessoas
Polícia de Meio Ambiente lança Operação “Curupira”
Forças de segurança protestam por reajuste