Deputado critica falta de apoio à cultura

Paulo Guedes cobra da Prefeitura mais investimentos no setor em Montes Claros

O deputado federal Paulo Guedes, do PT, presidente da Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados criticou a falta de apoio e de investimentos da administração municipal na cultura em Montes Claros. Pré-candidato à Prefeitura, nas eleições de 6 de outubro deste ano, o parlamentar fez as colocações nesse sábado ao receber homenagem na Associação dos Catopês, pela contribuição para que eles, marujos e caboclinhos para participassem de desfile de Carnaval, no Rio de Janeiro, que deu enfoque à manifestação cultural da cidade. O petista cobra maior aporte de recursos para o setor.

O parlamentar contribuiu para projetar a cultura montes- -clarense em nível nacional e internacional ao se esforçar para que estas pessoas participassem do desfile da Escola de Samba Acadêmicos de Niterói, na Marquês de Sapucaí, que apresentou o samba-enredo “Um Céu de Fitas”, fazendo referências às manifestações culturais durante as tradicionais Festas de Agosto, em Montes Claros.

“As Festas de Agosto completam 184 anos em 2024. Mais antiga que a cidade de Montes Claros, a celebração contribui para a economia ao trazer à cidade turistas de todas as regiões do Brasil e até de outros países”, afirma o petista. “Quem é da região conhece as Festas de Agosto e quem não é, vem para conhecer e se apaixona. Isso atrai turistas e faz com que a economia gire, gerando empregos para todos. Lamento que o poder público tem deixado a desejar no que diz respeito ao apoio aos grupos e na manutenção de nossa história e raízes”, afirma.

O parlamentar, que se envolveu pessoalmente nos esforços para o financiamento da viagem dos catopês, marujos e caboclinhos, acrescentou que a falta de investimentos em cultura ameaça a continuidade dos festejos. “Uma cidade não é feita só de asfalto, é preciso investir no patrimônio cultural para que a história de formação de seu povo continue viva. Foi preciso que nos uníssemos em um esforço comum para garantir que os homenageados tivessem a oportunidade de estar presentes no desfile. É inadmissível que uma cidade que utiliza a festa como propaganda não tenha contribuído para isso. Mestre Zanza sempre foi um ícone para a preservação dessa manifestação cultural e passou essa responsabilidade para os que vieram depois dele”, assegura Paulo Guedes.

Para Paulo Guedes, o apoio é o que mantém a festa viva, mesmo com todos as dificuldades. “Fiquei muito feliz com a escolha da Acadêmicos de Niterói em homenagear nosso querido Mestre Zanza e os catopês, que têm sido guardiões da festividade e das tradições de nossa cidade”, encerrou Paulo Guedes. A Associação dos Catopês realizou no último sábado um evento para homenagear os que contribuíram para a realização do desfile e o deputado foi um dos que receberam o reconhecimento por participar da mobilização.

Deputado critica falta de apoio à cultura
DEPUTADO Paulo Guedes cobra mais apoio à cultura em Montes Claros

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

Ação proposta pelo MPMG visa a recuperação de casarão histórico
Ação proposta pelo MPMG visa a recuperação de casarão histórico
Unimontes homenageia escritores
Unimontes homenageia escritores
Museu Regional recebe a exposição Tons da Mulher
Museu Regional recebe a exposição Tons da Mulher
Jornalista Heberth Halley lança livro Coisas do Esporte no dia 12
Jornalista Heberth Halley lança livro Coisas do Esporte no dia 12
Profissionais participam de feira na Itália
Profissionais participam de feira na Itália
MCom autoriza novos canais de TV para quatro cidades da região
MCom autoriza novos canais de TV para quatro cidades da região
PARTE da programação do Festival nas Trilhas do Velho Chico será no Museu Regional do NM
“Pelas Trilhas do Velho Chico” resgata cultura norte-mineira
Artistas fazem tributo a Amelina Chaves nesta terça
Artistas fazem tributo a Amelina Chaves nesta terça
BNB propaga a música mineira e apoia a cadeia produtiva cultural
6º Beagá Psiu Poético homenageia Hélio Pellegrino
Semdecult participa de I Chá com Bordado
Filme “U omi qui casô cua mula” será apresentado nesta sexta
Inscrições para participar do evento na capital mineira seguem até o final do mês
Programa Minas para Sempre avança e contempla dez projetos
Drama “Faça a coisa certa” encerra as sessões do Cinema Comentado
Cinemaracas exibirá filme sobre negritude e o combate ao racismo
Emater investe R$ 2,6 mi em qualificação de colaboradores
Reforço na fiscalização ambiental em Minas
Dupla detida suspeita de tráfico de drogas
Homem condenado a 14anos de prisão por homicídio
Pássaros da fauna silvestre apreendidos